Estradas & Mapas

  Para uma boa elaboração do itinerário, se faz necessário conhecer o estado das estradas. Se o asfalto está bom, ruim, estrada de terra, rípio muito comuns na Argentina e Chile, pistas simples (uma faixa de rolagem) ou duplicada, também influenciam no tempo da viagem. O relevo é outro fator a ser considerado: percursos com grandes trechos em serra aumentam o tempo para se chegar ao destino. Isso sem falar com imprevistos, pneu furado, engarrafamento, etc.

 

  Em geral sabemos que estradas com pedágio são boas, isso pelo lado financeiro pode não ser tão favorável, porém as chances de termos problema com a qualidade do asfalto e a sinalização são bem remotas. Esta regra serve para o mundo todo.

 

  Brasil:

  Em viagens pelo Brasil costumamos utilizar como o principal “traçador de rotas” o site Guia 4 Rodas, nele obtemos todos os indicativos e confiáveis das estradas, além da quantidade e valores dos pedágios. Outro grande auxílio é o Guia 4 Rodas impresso, este nós levamos nas aventuras. Também utilizamos o Google Maps.

  No Brasil existe o projeto Tracksource, mapeando o Brasil de forma voluntária e disponibilizando os mapas gratuitamente para GPS Garmin. Muito bom por possuir rotas off road e uma grande quantidade de POI’S.

 
Guia 4 rodas

viajeaqui.abril.com.br/guia4rodas

Tracksource

tracksource.org.br

 

  Argentina, Chile e Uruguai:

  Para viajar por estes países, não conhecemos nenhum mapa impresso tão bom quanto o guia 4 rodas que utilizamos no Brasil para nos auxiliar a traçar o nosso roteiro. Porém, os sites Welcome Argentina e o Ruta 0 (zero) são muito úteis, informando o caminho a percorrer, distâncias entre cidades, mas não trazem uma informação importante, o estado das estradas e o tipo de pavimento. Mesmo assim levamos um mapa Geo político rodoviário para nos guiarmos.

 

Welcome Argentina

welcomeargentina.com

Welcome Chile

welcomechile.com

Welcome Uruguai

welcomeuruguay.com

Ruta 0

ruta0.com

Ministério de Estradas – Argentina

www.vialidad.gov.ar

Ministério de Obras – Chile

www.mop.cl
 

  – Quase todas as vias que são asfaltadas, estão em boas condições tanto de asfalto quanto de sinalização. Só que nem tudo é perfeito. Muito comuns na Argentina e Chile, o rípio é o terror para nós brasileiros, por não estarmos acostumados com esse tipo de piso, uma espécie de terra, com pó de pedra e pedras arredondadas, mas logo se “aprende a guiar”. Abaixo listamos alguns cuidados para passar sem problemas por estas estradas.

  – Diminua a velocidade quando vier um veículo em sentido contrário, pois podem “pular” pedras nos faróis e vidros.

  – Faça curvas devagar e movimentos suaves no volante, por causa das pedras redondas o veículo tende a “escorregar” tangencialmente para fora da estrada.

  – Quando o rípio está bem cuidado, consegue-se andar a 80km/h sem problema, mas existem estradas em péssimo estado de conservação em que a máxima não passa de 20km/h. Um trecho desse rasgou o nosso pneu na viagem que fizemos a Patagônia (veja clicando aqui, dia 16). Por estes motivos vale mais a pena andar pelo asfalto do que no rípio, mesmo que o caminho seja muito mais longo. Ou seja, se tiver a opção de evitar o rípio este será sempre o melhor caminho. Como fizemos aqui, dia 20.

 

 

  O GPS é nosso grande aliado durante a viagem. Sem ele, teríamos nos perdido e tido dificuldades para achar as ruas e até mesmo chegar aos nossos destinos, muitas vezes só alcançados a noite. Atualizamos o GPS com mapas fornecidos gratuitamente pelo “Proyecto Mapear”, mapas eletrônicos argentinos. Este projeto mapeia a Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai, o chamado cone sul. Excelentes mapas com enormes quantidades de POI’s, também só disponibilizado para Garmin.

 

Proyecto Mapear

proyectomapear.com.ar

 

  Também utilizamos dicas e inspiração de relatos de viagens em outros BLOG’s.

2 Comentários »

 
  • Edio disse:

    Qual guia 4 rodas que deve comprar par ter o mapa do trajeto rodoviário Foz do Iguaçu ate Santiago do Chile?

    • Alvaro e Fernanda disse:

      Olá Edio,

      Somente conhecemos o guia da 4 Rodas com mapas do Brasil. Este guia é muito bom, mas é limitado ao Brasil.

      Para as estradas/mapas de outros países da América do Sul, utilizamos o “World Map – South America”, que adquirimos em uma grande livraria.
      Este guia não é tão detalhado, mas possui as estradas da Argentina, Chile, Paraguai, Uruguai, uma parte do Brasil, etc

      Você pode utilizar os links que deixamos nesta página, ajudam bastante a traçar a rota.

      Abraços,
      Alvaro e Fernanda

 

Deixe uma mensagem

*

Copyright © Viaje de Carro 2014 | Viaje de Carro